04/08/2020 07:50

Cursinho vira projeto de ensino e extensão da Unimontes

Um projeto que une o ensino à extensão, com foco na população de baixa renda nas diversas faixas etárias, reforça ainda mais as ações de inclusão social que a Unimontes oferece à comunidade em geral. Trata-se do “Cursinho Popular Darcy Ribeiro”, um trabalho desenvolvido por professores e acadêmicos dos cursos de Licenciatura, com a adesão de egressos e parceiros de escolas públicas, para o auxílio e preparação no ingresso às universidades e faculdades, além do ENEM e do PAES – o vestibular seriado da própria universidade. A participação do público é totalmente gratuita. 

O isolamento social em tempos de pandemia não afetará o ritmo de trabalho do projeto. Para o segundo semestre deste ano, as atividades serão online, com início na próxima segundafeira (3/8), com a aula inaugural. Já são 150 matriculados e as inscrições continuam abertas. Não há limite de vagas e sem a necessidade de seleção. 

O cursinho popular foi implantado na cidade em 2013 e, desde junho deste ano, passa a ter este vínculo com a Unimontes; foi aprovado como projeto institucional, em resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPEx). A vigência inicial é de dois anos (2020-2022), com atuação de professores dos departamentos de História, Filosofia, Geociências, Métodos e Técnicas Educacionais e de Educação. Os universitários dos diversos cursos de Licenciatura da Universidade são os responsáveis pelas aulas – sob a orientação dos docentes do projeto. O processo de adesão ao projeto continua em aberto. As atividades contam como creditação em extensão e estágio extracurricular. 

PRIORIDADE - A prioridade é de atender aos alunos de escolas públicas e pessoas que ainda não tiveram a oportunidade de uma preparação específica para ingresso ao ensino superior. “O foco está no atendimento às camadas de baixa renda, como forma de democratizar o acesso à universidade”, explica a professora Bárbara Figueiredo Souto, coordenadora geral do projeto.

Ela explica que o cursinho popular está vinculado à Rede Emancipa (Movimento Social de Educação Popular), que tem abrangência nacional (60 polos em oito estados). Um reflexo deste alcance está na participação de alunos não somente de Montes Claros, mas também de municípios da área de abrangência da Unimontes e até de outros estados.

HISTÓRICO - Por iniciativa de universitários de várias instituições, que já faziam parte da Rede Emancipa, o cursinho popular Darcy Ribeiro foi implantado em Montes Claros em 2013, com aulas semanais na Escola Estadual Francisco Peres. No ano seguinte, no mesmo local, foi adotado o modelo de monitorias e, em 2015, a sede passou a ser na Escola Estadual Cristina Guimarães, no Bairro Major Prates, com maior número de atendidos e aulas regulares. De 2016 em diante, com a necessidade de mudança para a área mais central da cidade, o trabalho foi transferido para a Escola Estadual Dulce Sarmento, no Bairro Santo Expedito, além de ganhar núcleo no Bairro Santo Inácio (Escola Estadual Monsenhor Gustavo).

 

Atendimento Online pelo WhatsApp