02/12/2020 12:29

A nossa doce e amada Du (mãe, avó e bisa)

RAIMUNDO NONATO DE FREITAS JÚNIOR (*) 

Foi ela quem nos recebeu nesse mundo com imenso amor. Com ela aprendemos desde cedo a ter responsabilidade e cuidar uns dos outros. 

Com seu exemplo de vida nos fez entender a importância dos estudos para o progresso profissional e que nunca é tarde para ir atrás dos seus sonhos. 

Foi ela quem nos levou pela mão às missas dominicais e nos mostrou desde pequeninos o quanto dependemos do amor de Deus para viver. 

Com ela aprendemos a honrar nossos compromissos, a não dar um passo maior que a perna. Melhor trabalhar mais para comprar à vista, do que assumir uma dívida que poderemos não ter como pagar em dia. 

Foi ela quem nos ensinou que crianças precisam de disciplina e limites; que não é porque as amamos que podemos deixá-las nos dominar.

Com ela aprendemos que a vida já traz consigo muitas adversidades e tristezas para ficarmos perdendo tempo com isso, nos momentos de descanso. Tristeza não deve ser alimentada, é sempre melhor algo que nos faça dar risadas. 

Foi ela que nos ensinou a honrar o nosso nome e não nos deixar levar pelas facilidades, vícios e obscenidades do mundo. De nada adianta ter posses e ter uma má fama. 

Com ela entendemos que existe amor verdadeiro e que ele sempre está acompanhado do respeito, da fidelidade, da cumplicidade, da compreensão e do companheirismo. Se faltar qualquer um destes, não se pode chamar de amor. 

Foi ela quem nos ensinou a valorizar a família, a aproveitar cada momento que temos juntos, pois com o passar do tempo, com o peso da rotina, se tornam raros e ainda mais especiais.

 

Atendimento Online pelo WhatsApp