30/11/2020 05:11

Justiça libera quase R$ 1 bi para pagar atrasados do INSS

O Conselho de Justiça Federal (CJF) liberou um total de R$ 978,7 milhões para pagar ações de segurados vencidas contra o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), para centenas de aposentados do Norte de Minas e Montes Claros. 

O valor será para cumprir com o pagamento de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) que podem chegar até 60 salários mínimos (R$ 62,7 mil em 2020). 

Mais de 73.444 beneficiários em todo o Brasil receberão o dinheiro, que ganharam 58.693 processos contra o INSS para concessão ou revisão de aposentadoria, pensão ou auxílio. 

No mês de outubro, o lote que contempla segurados tiveram suas ações encerradas, sem uma possível condição do INSS recorrer. 

Segundo o acordo com o tribunal, o processamento do dinheiro começa ainda nesta semana e deverá encerrar na semana seguinte. Período que o recurso entrará na conta dos beneficiários. 

Serão abertas contas na Caixa Econômica Federal (CEF) e no Banco do Brasil em nome do segurado ou de seu advogado. 

Para saber se vai receber em outubro, o beneficiário que moveu ação contra o INSS, e que já está em fase final, deverá consultar o site do TRF1. 

Ao entrar na página, na tela inicial, será necessário buscar a área de "Requisições de pagamento" e, depois, informar os dados do advogado ou do beneficiário. O TRF da 1ª Região: MG, DF, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP, ou no site trf1.jus.br.

 

Atendimento Online pelo WhatsApp