30/11/2020 05:26

11ª RPM divulga balanço na região das eleições

A Décima Primeira Região da Polícia Militar - 11ª RPM, atuou de forma abrangente nas eleições 2020, nos 77 municípios que a integram, com vistas a coibir a prática de crimes eleitorais e crimes comuns de todas as naturezas. Cabe à Polícia Militar a missão de polícia ostensiva e a preservação da ordem pública, visando garantir às pessoas o exercício do seu direito de escolha de seus representantes, através do voto. 

Na 11ª RPM, nos 77 municípios que a integram foi empregado um efetivo de aproximadamente, 2.200 policiais militares; em Montes Claros, foram empregados, aproximadamente, 600 policiais militares, com emprego, inclusive, daqueles que exercem atividades administrativas e do reforço recebido de Belo Horizonte, 76 policiais militares. 

Além de viaturas que reforçaram 29 municípios da 11ª RPM em atividades de segurança pública nas demandas afetas ao pleito eleitoral. 

Neste ano, como inovação, foi estruturado, na sede da Décima Primeira Região Integrada de Segurança Pública - 11ª RISP, o Centro Integrado de Coordenação e Controle Regional - CICCR, com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e o Departamento Penitenciário, com o objetivo de promover a integração dos órgãos de segurança pública e favorecer a gestão integrada. Na 11ª RPM, a Polícia Militar utilizou ainda, interligado ao Centro, uma Base de Monitoramento Remoto, além do emprego do helicóptero e de um drone. 

Segundo a PM, na 11ª RPM, graças ao esforço e emprego operacional do efetivo da Polícia Militar e demais órgãos envolvidos, as eleições ocorreram de forma tranquila. 

Nos 77 municípios do Norte de Minas foram registradas 18 ocorrências por Boca de Urna; envolvendo 12 candidatos, sendo outros 65 registros, sendo 30 pessoas presas.

 

Atendimento Online pelo WhatsApp