23/01/2021 11:12

Atlético projeta reação sobre o Athletico

Buscando se recuperar do empate dolorido diante do Internacional no Mineirão, o Atlético se prepara para mais um duelo importante dentro do Campeonato Brasileiro. No sábado, às 17h, o time alvinegro enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada. O adversário deste fim de semana, inclusive, foi o responsável pela única derrota atleticana em Belo Horizonte na competição. O jogo contra os paranaenses no Gigante da Pampulha ficou marcado por ser o primeiro do Galo após o surto de Covid-19 dentro do clube. 

Na véspera da partida, vários atletas e membros da comissão técnica testaram positivo para a doença e desfalcaram o então líder do Brasileirão. O zagueiro Réver aposta em um cenário diferente vivido pelas duas equipes para que o resultado possa ser outro dessa vez, “Recentemente, enfrentamos eles em casa e não tivemos um resultado positivo como esperávamos. Tivemos muitas ausências por conta da pandemia. Sabemos que agora é uma partida diferente, a equipe deles está com alguns desfalques. Espero que possamos tirar proveito jogando fora de casa, assim como eles fizeram aqui, jogando contra a nossa equipe”, disse o capitão. 

O zagueiro, um dos líderes do elenco, participou diretamente do lance que culminou no empate do Internacional na reta final da partida do último domingo. Para ele, ter atenção para que erros como esse não aconteçam, é a chave para que o time mineiro reencontre o caminho das vitórias e brigue pela liderança do campeonato. 

“Temos que ter atenção para não acontecer mais, porque está nos custando caro e tirando pontos importantes. Colocamos um ponto final nisso para que não venha custar ainda mais caro nessa reta final do campeonato. São pontos que podem fazer a diferença. Agora é buscar esses pontos fora de casa para que a gente possa encostar no São Paulo”, disse Réver. 

Para a partida contra o Furacão, o Atlético terá a volta de dois jogadores importantes na equipe de Jorge Sampaoli. Após cumprirem suspensão por três cartões amarelos, Junior Alonso e Savarino estão à disposição da comissão técnica. O zagueiro, visto como uma peça fundamental por ser mais rápido que seus companheiros e ajudar na saída de jogo, deve ser titular. O atacante também deve voltar ao time, mas a briga deve ser mais acirrada, já que é a primeira partida em que o venezuelano e Vargas estarão disponíveis ao mesmo tempo. Quem pode perder a vaga é Sasha, dando lugar ao trio ofensivo formado por Keno, Vargas e Savarino.

 

Atendimento Online pelo WhatsApp