27/09/2021 04:46

VLI assina contrato para garantir fluxo de minério

A VLI, companhia de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, e a BAMIN assinaram um contrato para garantir o fluxo de minério de ferro da Mina de Caetité, no interior do Estado da Bahia, até o porto TUP Enseada do Paraguaçu, litoral baiano, por onde o insumo será exportado. A operação teve início em julho. A movimentação estimada é de 490 mil toneladas ao longo de 2021. MINAS - "Trata-se de um fluxo muito relevante e capaz de viabilizar novas oportunidades na região. Essa parceria auxilia o crescimento do setor mineral baiano e reforça a relevância do transporte ferroviário", afirma Álvaro Neto, gerente-geral do corredor que liga Bahia à Minas Gerais. Para viabilizar esta primeira operação estão sendo investidos R$ 35,8 milhões. Entre as destinações dos recursos, estão o investimento em material rodante, a reativação do terminal ferroviário em Licínio de Almeida e a construção de um terminal de transbordo em Castro Alves, onde será realizada a descarga do minério de ferro dos vagões e o carregamento dos caminhões que seguirão até o porto. Na operação, a VLI é responsável pelo fluxo ferroviário entre Licínio de Almeida e Castro Alves, por meio da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA). Desde agosto de 2020, já vem sendo realizada a operação de escoamento de minério de ferro a partir do terminal da BAMIN, em Licínio de Almeida, na Bahia, com os vagões seguindo até Minas Gerais pela FCA.

Atendimento Online pelo WhatsApp