22/10/2021 07:47

Deputado apoia projeto que vai impulsionar a economia

image

Buscar apoio do governo federal para amenizar as dificuldades das prefeituras do Norte de Minas, que se agravaram com a pandemia do novo coronavírus e, agora mais ainda, com os efeitos da seca, que atinge sua fase mais crítica, com a falta de água para consumo humano e de animais é um dos objetivos do deputado Carlos Pimenta, do PDT, que cumpre o sétimo mandato consecutivo na Assembleia Legislativa. Para viabilizar apoio mais consistente aos municípios, o parlamentar espera contar com o respaldo do senador Rodrigo Pacheco, do DEM de Minas, presidente do Senado, que conhece os problemas da região, sobretudo de ordem hídrica e se dispôs a somar esforços para amenizá-los. Preocupado com a situação de seca, que tende a se agravar, o parlamentar esteve em Brasília, nessa terça-feira, acompanhado de prefeitos do Norte de Minas. Foram recebidos no gabinete de Rodrigo Pacheco, pelo assessor Alexandre Silveira. Durante o encontro, Carlos Pimenta relatou as dificuldades dos municípios, decorrentes da pandemia, que afetou a todos os setores, sobretudo a economia, além de aumentar os problemas sociais decorrentes do aumento do número de desempregados, devido ao fechamento de empresas. Além da pandemia, de acordo com o deputado, o quadro piora com a seca, mais intensa neste semestre, quando rios e córregos secam, registrando-se a falta de água, inclusive para consumo humano. Lembra que a perda da agricultura de subsistência deixa o quadro ainda mais dramático, porque as prefeituras não dispõem de recursos para atender as famílias atingidas diretamente pela falta regular de chuvas, que enfrentam dificuldades para garantirem a sobrevivência. “É um quadro dramático, que precisa de atenção especial do governo para amenizá-lo”, sustenta Carlos Pimenta. Durante a reunião, os prefeitos também relataram o drama que vivem no cotidiano, com as reivindicações dos atingidos pela seca, mas não dispõem de recursos para ajudá-los como necessitam. Pediram a intercessão do senador Rodrigo Pacheco junto ao governo federal para que sejam destinados recursos necessários para socorrer milhares de famílias que enfrentam dificuldades para sobreviver, em decorrência da pandemia e da seca. O chefe de gabinete do senador, Alexandre Silveira, que já foi deputado federal por Minas, deixou claro que conhece a realidade do Norte de Minas, que tem a seca como um dos principais problemas e se comprometeu em levar as demandas a Rodrigo Pacheco. Disse que o presidente do Senado não medirá esforços para que o governo federal dê ajuda mais substancial ao semiárido mineiro que sofre com a crise hídrica. PRESENÇAS - Estiveram presentes com o deputado Carlos Pimenta no Senado Federal, os prefeitos de Serra dos Aimorés, Iran Cordeiro; Nanuque, Gilson Coleta; Mato Verde, Oscar Lisandro; de Buenópolis, Célio Santana. Em outra reunião, há poucos dias, também no Senado, acompanharam o deputado, a prefeita de Bonito de Minas, Vânia Carneiro, os prefeitos de Francisco Dumont, Eduardo Rabelo; Santana do Riacho, Fernando da Farmácia; Maravilhas, Diovane Policarpo; Riacho dos Machados, Ricardo de Minga; Guaraciama, José Maria; e de Serranópolis, Marcão Vinícius.

Atendimento Online pelo WhatsApp