29/11/2021 11:20

Amams e Receita Federal inauguram mais um PAV

A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) e a Delegacia da Receita Federal de Montes Claros inauguraram na última sexta-feira, 9, o Posto de Atendimento Virtual da cidade de Pintópolis, em solenidade com a presença do prefeito Ley Lopes, vereadores, além do delegado da Receita, Filipe Araújo Florêncio. A Amams foi representada por José Antônio Barbosa, coordenador do Departamento de Convênios e um dos idealizadores do projeto. O Norte de Minas já tem 24 municípios com esse benefício e outros 14 inscritos. No dia 20 será inaugurado em São Joao do Paraiso e dia 22 em Taiobeiras. Foram instalados em Catuti, Coração de Jesus, Espinosa, Gameleiras, Grão Mogol, Ibiaí, Jaíba, Januária, Jequitaí, Mamonas, Matias Cardoso, Monte Azul, Nova Porteirinha, Pai Pedro, Patis, Pintópolis, Pirapora, Ponto Chique, Porteirinha, Salinas, São Francisco, Serranópolis de Minas, Ubaí e Verdelândia. Estão em fase de implantação, postos em Bonito de Minas, Botumirim, Brasília de Minas, Curral de Dentro, Icaraí de Minas, Itacarambi, Japonvar, Lagoa dos Patos, Mato Verde, Mirabela, Padre Carvalho, São João da Ponte, São João do Paraíso e Taiobeiras. Desde o ano de 2020 que foi criado este projeto. O PAV atende todas as demandas da Receita Federal, como regularização do CPF, emissão de certidão negativa e recebimento de documentos fiscais. O presidente da Amams, José Nilson Bispo de Sá, prefeito de Padre Carvalho, salienta que os grandes beneficiados são os moradores, pois ficam dispensados de se deslocarem para Montes Claros para resolverem as demandas. Ao discursar, o prefeito Ley Lopes frisou que a Amams se dispôs a implantar o serviço em Pintópolis e, de imediato, ele aderiu à iniciativa, que funcionará na Sala do Empreendedor e ajudará a população de forma geral, com mais agilidade nas demandas. O município colocou à disposição e capacitou dois servidores para essa tarefa. O delegado Filipe Araújo destaca o papel da Receita Federal, em encurtar distancias e que o Norte de Minas saiu na frente. Para receber o PAV, a Prefeitura tem de escolher um local dotado de computador, internet, podendo ser dentro da própria sede administrativa do município. Desde o ano passado a Amams e a Receita Federal abriram a mobilização pela criação dos PAVs no Norte de Minas. Na live realizada em março passado, a entidade atraiu municípios da Bahia e São Paulo, interessados em participarem do projeto, em situação que surpreendeu até mesmo a direção nacional da Receita Federal. O modelo criado no Norte de Minas foi ampliado. “A criação do PAV é uma ótima iniciativa para que os contribuintes dos pequenos e médios municípios possam ter acesso a um posto de atendimento da Receita Federal, muitos desses contribuintes são impossibilitados de acessar o site da instituição devido às dificuldades com tecnologia e em muitos casos a falta de uma rede de internet, por isso a importância do acesso presencial”, ressaltou o presidente da Amams.

Atendimento Online pelo WhatsApp